Por que criamos uma comissão de Diversidade, Equidade e Inclusão?

2 min

Aqui no Be, seguimos a premissa do “Walk the Talk”, ou seja, nós fazemos, por meio de ações e atitudes, o que nós falamos.

Parceiros e educadores que nos acompanham sabem que estamos sempre trazendo conteúdos sobre os mais variados temas, especialmente no que diz respeito ao ensino bilíngue para neurodivergentes.

Essa, dentre outras pautas, estão sempre em debate internamente, porque acreditamos na educação como meio de transformação para todos, sem distinção.

Difference. The only thing we all have in common.

Campanha HSBC Bank

Sabemos que cada cérebro funciona de uma forma, cada um com sua especificidade. Em maioria, há muita semelhança. Mas todos são diferentes.


E que bom que é isto que nos une em muitos fatores: a diferença

E, para trabalhar questões tão pertinentes quanto essa e buscar ser a diferença que queremos ver nas escolas, o Be – BIlingual Education criou uma comissão chamada DEI que discute temas como diversidade, equidade e inclusão na Educação Bilíngue.

O grupo foi criado para  formalizar discussões e trocas que já aconteciam no Be. Com um olhar para o impacto real das nossas ações, tanto nas nossas relações, quanto com os parceiros, e também, nos nossos produtos e serviços, iremos, de forma gradual, trazer discussões e mudanças com o objetivo de trazer mais diversidade, equidade e inclusão.

O grupo é transversal e tem uma comissão organizadora formada por 6 assessores pedagógicos. São eles: Pedro Brandão, Milena Mignossi, Natália Vidal, Tatiana Vilarinho, Monique Spasiani e Rafaella Rapini.

A princípio, são 4 grandes frentes de análise:

  • Raça
  • Gênero
  • PcDs
  • Neurodiversidade

Sobre o Comitê

A comissão foi lançada  durante o BRAVE, um evento interno voltado para o alinhamento, a formação e as trocas das equipes do Be. Confira como foi:

 

Monique Spasiani, assessora pedagógica, intérprete de Libras e ASL e bailarina, propôs uma apresentação da música “Heal the World”, canção de Michael Jackson, interpretada em Libras, como abertura de lançamento. Algumas pessoas de outros times do Be foram convidadas previamente para participar deste momento e foram realizados “ensaios” semanais durante um mês. A abertura foi uma surpresa emocionante para os demais ali presentes. 

 

Currículo Be

Currículo Be

Search

Conteúdos mais lidos

Descubra as vantagens de se oferecer mais de um idioma na instrução de componentes da matriz curricular da educação básica.

A abordagem STEAM é uma perspectiva educacional que enfatiza a interdisciplinaridade e a aplicação prática do conhecimento. Ao incorporar as